cabelo

Uma das coisas que me acontece depois da gravidez (para além de ficar com excesso de peso) é detestar o meu cabelo. Durante os primeiros meses do bebé ando sempre com ele preso, pois é mais practico para as tarefas de casa e do bebé. Perco sempre muito cabelo e fica diferente, não é o meu cabelo. Neste momento, não gosto muito do meu cabelo e acho que estou a precisar mesmo é de um bom corte e uma pintura de jeito. Por isso, acho que esta semana vou fazer uma visita ao cabeleireiro.

3 comentários:

Quélih disse...

És tu e eu!
Tenho muitooooo menos cabelo (ai, caiu tanto) e apetecia-me corta-lo mas tenho evitado porque gosto dele comprido.
A solução tem sido investir em bons produtos capilares e tem resultado, Apesar do cabelo que me falta, do que está a nascer por todo o lado (imensos cabelos novos entre 2 a 5 cm) a verdade é que está muito mais bonito, domesticado e brilhante que antes de engravidar!

Sofia Loves disse...

É verdade! Do Baby Boy, tive a infeliz ideia de o cortar pelo queixo aos 3 meses de gravidez. O cabelo quase que não crescia, e quando cheguei ao 8º mês, super inchada, não me podia ver ao espelho!
Só voltou a crescer quando parei a amamentação (ao fim de 1 ano!!!)
Desta vez não me enganam!! :)

O primeiro apanhado é giro, giro! Depois quero ver o resultado ;)

Marisa Luna disse...

Olá!
Eu estou exatamente na mesma, mas não fui mãe há pouco tempo.
Temos de partilhar os novos looks!
Beijocas