{ receitas } a aveia

Há pessoas que nos inspiram. Há pessoas que mesmo não conhecendo pessoalmente, conseguem fazer-me sorrir e fazer do meu dia um dia bem mais bonito. Há pessoas que me fazem sentir com vontade de continuar a fazer mais e melhor.  Há pessoas assim. Há pessoas que vale a pena seguir e esperar o dia certo para lhe dar um abraço. 

Todas as receitas que aqui partilho com vocês são feitas (quase todas) a pensar nos meus índios, não fazia sentido nenhum ser de outra maneira. Ultimamente temos experimentado várias maneiras diferentes de comer um iogurte natural, e há muitas mais para partilhar. Hoje trago uma receita inspirada noutra pessoa que sigo e admiro, a Mafalda. Foi no workshop no Porto que aprendi a usar a aveia numa receita a frio. No inicio estava na dúvida quanto ao resultado final, mas convenceu-me. Quem diria? Aveia no verão? Sim, sim e sim.

Colocar a aveia numa taça com sumo natural de maça, tapar com película aderente e deixar repousar  ( pode ser no frigorífico) durante duas horas ou então durante a noite. E basicamente a receita está pronta! Fácil, não é? Dividir por copos, colocar por cima iogurte natural e os frutos que mais gostamos ou temos disponíveis no momento. Aqui usei morangos que adoramos, mas no workshop usou-se mirtilos e framboesas. E porque não uns pêssegos bem madurinhos de polpa amarela?

Hoje e pela primeira vez aqui, pedi à minha querida amiga Solange do blog BabySol para me escrever umas palavras sobre os cereais, neste caso a aveia e as crianças. Espero que gostem:

"É sabido que o marketing alimentar movimenta o consumo populacional de uma forma assustadora!
E quando falamos de alimentação infantil, a abordagem não é diferente, mas antes, mais estratégica e direcionada... também para os pais! Este facto é claramente percecionado com os cereais projetados para as crianças e engrenando vários indicadores irrecusáveis: brindes, design apelativo da embalagem (jogos, bonecada), formatos inéditos dos cereais e que sejam fáceis de pegar, explodindo de açúcar (e/ou mel), chocolate e sal, prometem agradar rapidamente a pequenada.
Os pais, atentos e informados, devem ser capazes de discernir o que realmente é importante os seus filhos consumirem, procurando promover uma consistente educação alimentar e, igualmente importante, procurar um aporte nutricional interessante e ajustado para as suas crianças em pleno desenvolvimento. O elevado teor de açúcar e de sal são os inimigos mais agressivos dos cereais industrializados e que, silenciosamente, modelam uma dieta desiquilibrada que poderá a comprometer a sua saúde futura...
Criar alternativas hoje, igualmente atrativas, económicas e fáceis de preparar é a melhor solução para toda a família, razão porque considero que a aveia, tão rica em fibra, minerais e vitaminas, se apresenta como o cereal ideal para satisfazer todos devido ao poder saciente que a proteína, hidratos de carbono e fibra que contém, induzem, para além da eficaz regulação intestinal que promove.
Há pois as melhores razões para aprender a preparar a aveia e, tirando partido da sua enorme versatilidade, enriquecer pequenos-almoços, lanches e até sobremesas. Se não tem crianças celíacas em casa, tome nota da receita com aveia que hoje se apresenta... Irresístivel e tão saudável!


ps: ao contrário do habitual o texto hoje é mais extenso, pelo que apresento as minhas desculpas :)

3 comentários:

Princesa Tagarela disse...

Pode ser mais longo, mas é de facto muito importante o conteúdo.

:) Beijinho

Ginja disse...

Eu adoro estes copinhos da Mafalda!
E o facto de os termos partilhado juntas :)
Ficaram lindos!! E sim, com pêssegos deve ficar perfeito.
Um beijinho.

Ondina Maria disse...

Por cá também utilizo aveia e outros cereais (trigo, centeio) dessa forma. Normalmente deixo os cereais overnight em leite de soja com umas gotinhas de sumo de limão, para que o ácido degrade a casca dos cereais. Faço muitas vezes muesli bircher mas ultimamente também tenho comido assim, com iogurte :)