{pessoal} ultimamente

Os dias passam depressa demais. Aliás eles não passam, eles corem. Setembro já vai a meio e este blog estacionou um pouco na berma da estrada. Não está de todo esquecido. Mas há coisas mais importantes neste momento. Na verdade não são coisas, são três índios. 
O regresso das férias, o regresso às escolas, o regresso à rotina é difícil para todos, mesmo para mim. Tem sido um regresso bom mas que exige muita atenção a todos os níveis. 
O outono está aí à porta, e se é verdade que gosto dos tons dourados da próxima estação é também verdade que adoro a praia e os dias quentes de verão. Vamos aproveitando os dias bons que nos oferecem enquanto podemos. A praia está aqui ao lado e é sempre tão bom sentir as cócegas da areia nos pés.
Regressarei lentamente às minhas fotografias, a este blog que tanto gosto e a vocês também.
Até lá, não pensem muito...aproveitem o que de melhor nos oferecem todos os dias!

7 comentários:

Sofia Loves disse...

e hoje fomos almas gémeas... com o mesmo tipo de pensamentos! bjs

Dora Ramalho disse...

é verdade, o regresso às rotinas é complicado e por vezes difícil... eu só tenho uma "índia" nem imagino a multiplicar por 3 :)

Mas com a devida calma tudo volta ao normal :)

Bjs
Dora
www.zirpiti.com

Milk Woman disse...

O meu regresso, ao contrário dos outros anos, está a ser pacífico....mas nem quero falar nisso para não agoirar. Quanto a ti, faça o favor de regressar também a esta base que é sempre bom poder Lêr-te!!

Ana Fernandes disse...

o estado de espirito tem de ser mesmo esse para atrair sempre a boa disposição e as boas energias, e obrigada por dar sempre cor aos nossos dias com pensamentos positivos e imagens que nos fazem sorrir!!

MJ disse...

é tão bom saber que vocês estão aí!!!
muito obrigada pelos comentários sempre tão simpáticos!

Tania Costa disse...

MJ, estamos por aqui à tua espera... quem gosta do blog não se importa de esperar um bocadinho, de certeza ;) Beijinho.

Mariana Neves disse...

Poderia muito bem ter sido eu a escrever este post, oh se podia!