{receitas} sortido húngaro e uma herança




Quem  nunca comeu uma bolachinha de sortido húngaro, ponha o dedo no ar. Desde sempre que me lembro destas bolachas na mesa dos lanches em casa da  minha avó. Encontrei uma receita diferente num dos blogs mais inspiradores que conheço e não resisti a esperimentar. Tenho primeiro que avisar que é uma receita diferente, uma vez que se usa as gemas dos ovos já cozidas. Quando a li pela primeira vez, confesso que torci logo o nariz. Gemas cozidas? E logo seis gemas? A única coisa a favor da receita é que era super simples na preparação. Misturar todos os ingredientes no robot de cozinha e já está. Reduzi a receita a metade para experimentar. Podem ver a receita original lá no blog Pratos e Travessas, e se quiserem façam como eu, dividam todas as medidas a metade para experimentarem. Posso garantir que não se vão arrepender.
E para acompanhar as bolachas nada melhor do que uma bonita chávena de chá. Este serviço tem mais de 50 anos. Foi-me oferecido pela minha avó depois de eu lhe ter servido um chá numa caneca grossa. Para ela o chá tem que ser servido em porcelana fina. E eu aceitei e agradeci o serviço mais lindo que conheço.

nota: fotografias tiradas com o meu telefone.

7 comentários:

Dora Ramalho disse...

hummm creio que vou experimentar :)

Sílvia disse...

Que bolachinhas tão apetitosas e que fotos maravilhosas :)

Ju Figueiredo Silva disse...

Têm um aspecto delicioso,huumm..eu gosto tanto dessas bolachinhas, devem ser mesmo óptimas! E esse serviço de chá é mais do que lindo *

Tânia Costa disse...

Húngaros!!! Se soubesses como gosto deste bolinhos Maria João.. são uma perdição para mim. Até tento nem os ter por casa, senão desparecem. Realmente esse serviço é um mimo :)

Vânia Beliz disse...

Eu sou mesmo burra como fazemos para cozer a gema? temos de cozer o ovo certo? ai ai..

Vânia Beliz disse...

Temos de cozer o ovo e depois tirar-lhe a gema, é isso?

iwantobakefree disse...

eu adoroooo...está na miha lista de coisas que gostava de fazer. depois coloco no blog claro!