{pessoal} tempo de brincar





Ficar com três rapazes saudáveis e cheios de energia fechados em casa não é opção. O segredo é sair com eles, para locais onde possam gastar bem as suas energias e menos as nossas. Quando a nortada não nos deixa aproveitar a praia e o mar, temos um pinhal à nossa espera (só para nós). Levamos uns sacos vazios para os enchermos de pinhas e paus que mais tarde irão dar muito jeito ao pai para acender as suas fogueiras para os nossos grelhados de verão. 
Eles não precisam de muitos brinquedos para se entreterem. Deem-lhes uns paus e são uns índios felizes. O dificil é mesmo regressar a casa ( a pé) com os sacos cheios de pinhas... ufa!

3 comentários:

Sofia Loves disse...

:) o teu Dudu está enorme!! Bjs

Daniela S. disse...

Saudade foi o sentimento que me transmitis-te agora. Saudade de ser pequena e ir apanhar pinhas com o meu pai.

*

Andreia Pinto disse...

Que saudades de ser uma "índia" feliz! :D

Andreia,
http://pontofinalparagrafos.blogspot.pt